Um encontro marcado com palavras....

Livres da perseguição


Você já leu sobre estes três homens, Sadraque, Mesaque e Abednego?
Estes homens, juntamente com Daniel, eram privilegiados. Haviam recebido de Deus sabedoria e inteligência para conhecerem todos os aspectos da cultura e da ciência. (Daniel 1:17)
Em certa altura, todos que viviam sob o reinado do rei Nabucodonosor foram obrigados a adorar uma imagem de ouro, erguida na planície de Dura, na província da Babilônia.
O arauto do rei então proclamou em alta voz:
-“Esta é a ordem que lhes é dada, ó homens de todas nações, povos e línguas: Quando ouvirem o som da trombeta, do pífaro, da cítara, da harpa, do saltério, da flauta dupla e de toda espécie de música, prostrem-se em terra e adorem a imagem de ouro que o rei Nabucodonosor ergueu. Quem não se prostrar em terra e não adorá-la será imediatamente atirado numa fornalha em chamas". (Daniel 3.4-6)
Sadraque, Mesaque e Abednego, que desfrutavam de privilégios, haviam determinado que não se prostrariam de forma alguma para adorar a esse ídolo e, então foram surpreendidos.
Ao desafiarem as ordens do Rei, foram castigos e lançados na fornalha de chama de fogo, castigo prometido aos que não se dobrassem diante da imagem. A ordem do rei era tão urgente e a fornalha estava tão quente que as chamas mataram os soldados que levaram Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, os quais caíram amarrados dentro da fornalha em chamas. (Daniel 3.22-24)
Mas algo inesperado aconteceu. Estes homens estavam dentro da fornalha passeando na companhia de um quarto homem. O próprio rei viu e exclamou:
- "Olhem! Estou vendo quatro homens, desamarrados e ilesos, andando pelo fogo, e o quarto se parece com um filho dos deuses". (Daniel 3.25)
E exclamou: -" Bendito seja o Deus de Sadraque, Mesaque e Abednego, que enviou o seu anjo e livrou os seus servos, que confiaram nele, e eles frustraram a palavra do rei, preferindo entregar os seus corpos, ao invés de servirem e adorarem algum outro deus senão o seu Deus!”
Aproximando-se então da entrada da fornalha gritou:
-"Sadraque, Mesaque e Abede-Nego, servos do Deus Altíssimo, saiam! Venham aqui! " E Sadraque, Mesaque e Abede-Nego saíram do fogo. (Daniel 3.25-26)
Aprendo com estes homens algo muito profundo a respeito de convicção e fé = Obediência.
Temos um Deus que sempre nos livra, ainda que estejamos dentro da fornalha como eles estiveram. A obediência deles era incondicional. Esperaram que fossem livres pelas mãos de Deus, que o fez e, da mesma forma livra os que Nele confiam.
Sempre será melhor buscar refúgio no Senhor do que confiar nos homens. (Salmos 118.8)
Se estivermos com medo, devemos confiar no Senhor. (Salmos 56.3)
Não devemos confiar em nós mesmos, mas em Deus que livra a todos os que O buscam. Deus enviou o seu anjo e, livrou os seus servos, que confiaram nele, e eles frustraram a palavra do rei.
Que sejamos livres das perseguições que sofremos pela pregação do evangelho da salvação pelo Poder do sangue de Jesus. Nele, em Deus, temos colocado a nossa esperança de que continuará a livrar-nos.

Graça Coelho


Share:

0 comentários:

Postar um comentário

Obrigado por nos visitar
Volte sempre
Portal da Graça

Quem sou

Quem sou
Sou uma peça, entre muitas, do grande exército de Deus, que se move em Seu tabuleiro, seguindo as regras do Seu jogo.

Postagem em destaque

A vida ensina

“O bom senso o guardará, e o discernimento o protegerá.” (Provérbios 2.11) Algumas vezes deixamos de dar atenção à voz de Deus e c...

Arquivos